A raça do cão Border Collie se formou há vários séculos na região de fronteira "Border", entre a Inglaterra e a Escócia. A seleção sempre foi feita e deve continuar visando a habilidade de rebanhar animais que tenham a característica de se agruparem quando pressionados por "predadores"; que são os bovinos, ovinos, caprinos e aves como: marrecos, gansos, galinhas, perus, angolas, avestruzes, etc.

Esta habilidade de rebanhar animais e trazer o rebanho aos pés do seu mestre, exige um cão de atos muito complexos e capacidade de percepção e resolução próprios para dar conta dos desafios, além de uma grande capacidade física para superar a velocidade e movimentos rápidos dos animais por eles manejados.

Quando imaginamos cães em contato com rebanhos de produção, normalmente associamos a stress na produção animal moderna procuramos minimizar o stress dos animais manejados, visando o bem estar destes melhorando assim o lucro, eis aí o grande desafio ao Border Collie como ferramenta de trabalho moderna.

Tendo em vista que o nosso tempo escasso e a mão de obra encarecendo para o adestramento de cães, queremos um cão de rápida compreensão e fácil aprendizado para que ele tenha capacidade de produzir trabalho com o mínimo de tempo investido e mínimo custo de manutenção.